MGD PR5 - Trilho das Lendas

maar3amt

Administrator
Staff member
Percurso com rota circular sinalizado com ponto de partida e chegada junto ao edifício da Junta de Freguesia, em Peredo da Bemposta. Inicie a sua viagem percorrendo as ruas da aldeia podemos ver algum património arquitetónico como a Igreja Paroquial, o cruzeiro e as casas características da região. A próxima paragem é a Fraga dos Amores, conta o povo que esta fraga nos diz quantos relacionamentos amorosos vamos ter na nossa vida e que aqueles que não têm nenhum relacionamento devem atirar pedras para cima da fraga. A quantidade de pedras que conseguirem fazer parar em cima da fraga corresponde ao número de “amores” (relacionamentos) que irão ter na vida. Continuando irá encontrar a Fraga da Serpente, que segundo reza a lenda, nesta fraga vivia uma enorme serpente que todos os dias cumpria um ritual. Acordava, dava sete voltas à fraga, deslocava-se a um chafariz que existe ali perto para beber água e no regresso ia picar os pés de uma santa que se encontrava numa outra fraga em forma de nicho esculpido naturalmente. Um dia, a santa, apoquentada por ver os seus pés constantemente picados, decidiu lançar-se para o lado de Espanha e meteu-se num seixo. Do lado espanhol, os pastores, que por ali passavam todos os dias com os seus rebanhos, ao depararem-se com aquele seixo no seu caminho, pegavam nele e atiravam-no pela arriba abaixo. Este rebolava pela arriba e só parava junto à água. No dia seguinte, o seixo estava novamente no cimo da arriba e os pastores voltavam a atirá-lo pela arriba abaixo. Isto repetiu-se durante alguns dias, até que os pastores, intrigados, abriram o seixo ao meio e, espantados, encontraram lá a santa. Ergueram uma capela em honra da santa, com o altar virado para Espanha. No dia seguinte a santa encontrava-se virada para Portugal, de costas para Espanha e os pastores viraram-na para Espanha. No outro dia, a santa encontrava-se novamente virada para Portugal. Foi então que decidiram fazer um altar duplo, para que a santa fosse vista dos dois países. Ainda hoje, a parte de trás da capela é em vidro. Para além destas histórias curiosas, o trilho permite-lhe ainda avistar as arribas do rio Douro de um lado e do outro a Ermida da Nossa Senhora do Castelo. Esta paisagem pode ser contemplada ao longo do percurso em vários locais que servem de pequenos miradouros naturais. Podemos também apreciar alguns carvalhais e sobreirais na subida até à Pala dos Mouros. A Pala dos Mouros é um conjunto rochoso que lhe proporciona uma vista excelente sobre o planalto Mirandês, divido em pequenas parcelas de cultivo. Mais adiante, o caminho vai-se aproximando do vale encaixado do rio Douro até chegar ao conhecido miradouro dos Picões, com uma vista deslumbrante sobre o rio Douro serpenteando as arribas e sobre a vizinha Espanha. O regresso à aldeia faz-se desfrutando de um passeio suave, que permite admirar extensas áreas de cultivo que salpicam a paisagem de diferentes cores e texturas.

transferir (1).jpeg


Distância: 10.3 kms
Duração estimada: 04:00
Dificuldade: Fácil
Tipo: Circular
Altitude máxima: 723 m
Época do ano: Todo o ano
Concelho: Mogadouro

Inicio do Percurso: 41.273740, -6.555477 ( Ver no Goole Maps )

Mapa do Percurso:
 

Anexos

  • pr5-mgd-trilho-das-lendas.gpx
    71 KB · Visualizações: 48
Última edição:
Topo